Como um Vislumbre dos Três Céus Irradiam Autêntica Esperança

Jose Calixto - UNASP

Resumo


Resumo:

Em uma noite obscura, você já observou os astros celeste ou num ambiente primaveril, notou o desabrochar das flores em seus verdes campos? Contemplar as coisas criadas por Deus, deveria fazer parte dos mais sublimes desejos daqueles que sonham em morar no Céu. O salmista revela “os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras de Suas mãos” (Sl 19:1).Ademais, quando se menospreza ou não se detêm nas maravilhosas obras da criação, a tendência é deparar-se somente com o trajeto melancólico do ciclo de vida, como descrito no relato genealógico dos primeiros ancestrais (Gn 5). A existência deles, como a nossa, versa em nascer, crescer, casar, ter filhos e por fim morrer. Ao que se visualiza, este é um ritmo monótono de vida daqueles que vivem sem esperança. Tudo pode findar como indigente ou numa sepultura submergida no pó (Gn 3:19). Assim, confinando a humanidade na angústia ou na região da morte, sem chance de vida eterna, Satanás se regozija em seu intento maquiavélico. Por outro lado, o que o Criador oferece para aqueles que O amam? Este estudo intenta vislumbrar isso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.35521/unitas.v7i1.922

Apontamentos

  • Não há apontamentos.