O SAGRADO E O PROFANO NA TRADIÇÃO CATÓLICA DA FESTA DO SANTÍSSIMO SALVADOR EM CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ.

Kíssila Aparecida Pereira Joaquim Camilo

Resumo


As Festas Tradicionais no Brasil são consideradas formas de manifestações religiosas e culturais de uma população. Especificamente no contexto da religiosidade, há geralmente nestas festas algumas manifestações, como: procissões, missas campais, louvores, romarias, peregrinações e os cultos aos santos. Especificamente quanto à Festa do Santíssimo Salvador, trata-se de um evento religioso de grande relevância para o município de Campos dos Goytacazes, originário da Capitania de São Tomé, em 1536, que tem como padroeiro o próprio Jesus Cristo. Uma festa tradicionalmente católica, mas que ao longo das décadas associa-se cada vez mais o sagrado ao profano, por meio da venda de bebidas alcoólicas e dos diversos outros eventos não religiosos. O objetivo deste estudo é descrever o sagrado e profano presentes na tradicional Festa do Santíssimo Salvador, bem como, a importante do referido evento para a preservação do catolicismo no município de Campos dos Goytacazes. Para tanto, o desenvolvimento deste estudo tem o respaldo de várias publicações, por meio de pesquisas realizadas em bancos de dados na internet, como: Portal de Periódicos – CAPES, Biblioteca Digital de Teses e DissertaçõesBDTD, Google Scholar, Google Books, e livros de leitura corrente e de referência.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.