QUANTAS PARÁBOLAS ? UMA ANÁLISE DA PERÍCOPE DE LUCAS 15

Jurandi Santos Machado, Cláudio Mota Da Silveira

Resumo


A finalidade deste trabalho é analisar o capítulo 15 do evangelho de Lucas a fim de elucidar quantas parábolas estão registradas nessa perícope. Pensamos que para descobrir o conteúdo do texto é fundamental que seja aplicado a este o método combinando a análise literária com a análise histórico-sociológica e, dessa forma, aplicarmos elementos do conceito em estudo de alguns aspectos importantes desta parábola. Normalmente esse tão conhecido capítulo da Bíblia é quebrado em pedaços por pregadores e escritores, que tratam dele como possuidor de uma, duas ou três parábolas: a da Ovelha Perdida (1-7), a da Dracma Perdida (8-10) e a do Filho Perdido (11-32). Percorrendo o contexto cultural será analisado de forma mais detalhada os resquícios das provas a fim de mostrar em quantas partes se divide o capítulo 15 de Lucas, sendo averiguada também a análise textual com ênfase nos conectivos frasais. Na realidade, porém, o capítulo todo é somente uma parábola com três figuras. Não há interrupções nos versículos, de modo que uma ilustração flui para dentro da outra.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.