A CRÍTICA NIETZSCHEANA À ORDENAÇÃO RELIGIOSA DO MUNDO

Glauco dos Santos Silveira, Marcos Felipe Vital da Silva, Lidiane Da Silva

Resumo


Nietzsche, em sua filosofia, dedicou especial interesse e críticas às religiões em geral, em particular ao Cristianismo, vista por ele como o triunfo de uma moral considerada inferior à “moral” ou “ordenamento” passível de ser construído mediante a aceitação da “vontade de potência”. Filólogo de formação, a filosofia da linguagem é parte constituinte e basal de sua obra, através da qual toda sua visão do mundo (e, por conseguinte a visão do mundo da humanidade, seguindo o princípio nietzscheano) pode ser construída. Este artigo apresenta de forma geral a crítica de Nietzsche ao discurso e à ordenação religiosa do mundo, principalmente a cristã.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.