A UNIDADE COMO CAMINHO DE ADESÃO A CRISTO: VIDA COMUNITÁRIA NOS SEMINÁRIOS CATÓLICOS

Felipe Capestana da Silva, Cesar Augusto Veras, Marcio Bogaz Trevizan

Resumo


O objetivo deste artigo consiste em discutir a importância da vida comunitária no processo de formação daqueles que desejam abraçar o sacerdócio católico. Este trabalho não tem por intuito esgotar o tema, mas apontar linhas de reflexão para pensarmos os relacionamentos interpessoais como um meio de configuração à Cristo.  O método adotado foi a pesquisa bibliográfica. Nossas pesquisas dão conta que viver em comunidade requer um processo de transformação pessoal. Tal transformação permite ultrapassar e superar as dificuldades, gerando a comunhão como princípio que une e integra aqueles que partilham a vida em comum. Nessa perspectiva, a vida comunitária, na formação sacerdotal, se apresenta como um caminho; não um caminho qualquer, mas um caminho de encontro com os outros. Para que o caminho de encontro com os outros seja firmado e continuado, este deve ser sustentado pela unidade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.35521/unitas.v9i1.2507

Apontamentos

  • Não há apontamentos.