A saída de si ao encontro do outro: o discurso religioso do papa Francisco pautado pelo viés etnográfico

Vinicius da Silva Vieira

Resumo


O presente artigo tem por objetivo descrever e analisar o discurso do papa Francisco, identificando aspectos do pensamento e da abordagem etnográfica no apelo que o líder religioso faz aos fiéis cristãos(ãs) em prol de uma Igreja em saída. O material de análise é composto de excertos extraídos das exortações apostólicas Evangelii gaudium e Gaudete et exsultate,  que descreveremos à luz dos campos dos estudos discursivos de linha francesa, da análise do discurso religioso e da etnografia, sendo esta tomada por nós não só como um método de pesquisa, mas como categoria de pensamento, isto é, como um postulado que rege o lidar de seres humanos com outros seres humanos. Constatamos, no discurso do papa Francisco, significativa presença de traços de um modelo etnográfico reflexivo-performativo (pensamento-prática), que apontam para a experiência de uma Igreja renovada e em permanente saída.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v13i22.996

Apontamentos

  • Não há apontamentos.