Para uma Igreja em saída

Juliano Ribeiro Almeida

Resumo


O papa Francisco está enfrentando forte oposição dentro e fora da Igreja católica devido a algumas posturas pastorais que têm chocado forças conservadoras. Tais posturas são aqui sumarizadas no conceito de “Igreja em saída”, forjado por ele mesmo na exortação pastoral Evangelii Gaudium. Trata-se de uma verdadeira proposta de reforma do cristianismo – não apenas católico – baseada num decisivo “sair de si”, atitude desenvolvida neste artigo com as noções de alterreferencialidade e excentricidade. A partir de uma análise sistemática do conceito bíblico e teológico de saída, o autor propõe tirar algumas consequências práticas do discurso de Francisco, evitando transformar “Igreja em saída” num slogan vazio.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v14i1.992

Apontamentos

  • Não há apontamentos.