TRADI(U)ÇÃO E VIOLÊNCIA – AS TRADUÇÕES DE LEVÍTICO 20,27

Fabiano Costa Leite, Zuleica Dantas Pereira Campos

Resumo


A tradução da Bíblia para o português é marcada por inúmeras modificações na história, inclusive incluindo e removendo conceitos a partir da ideologia das comunidades de tradução. Objetivamos compreender, a partir do conceito da Análise do Discurso de Maingueneau, como o comportamento violento de alguns cristãos frente às religiões de matriz africana pode encontrar justificativa para seus atos a partir do texto bíblico traduzido para a língua portuguesa, especialmente Levítico 20,27, onde encontramos a lei que decreta a morte por apedrejamento, quando se refere à desobediência de falar com os mortos.



Texto completo:

PDF

Referências


Aplicativo recebe denúncias de violência contra praticantes de religiões afro.EM.com.br. 13. out., 2017.

< Disponível em https://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2017/10/13/interna_nacional,908407/aplicativo-recebe-denuncias-de-violencia-contra-praticantes-de-religio.shtml data de acesso: 01/02/2018>

Após sair de culto de candomblé, menina de 11 anos leva pedrada no Rio. Folha de São Paulo. 16. Jun. 2015.

Disponível em http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/06/1642819-apos-sair-de-culto-de-candomble-menina-de-11-anos-leva-pedrada-no-rio.shtml, data de acesso: 01/02/2018

BIBLIA Sagrada. Tradução CNBB. ed. São Paulo: Paulinas, 2001.

BORGES, D. D. A. Os Fundamentos Histórico-Filosóficos Da Idéia Cristã E Do Espiritismo A Partir Das Idéias De Sócrates E Platão. Revista Brasileira de História das Religiões , Maringá, 2009.

BOURDIEU, P. A Economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2009.

CECHINATO, L. Conheça melhor a bíblia. Petrópolis : Vozes, 1984.

CENTRO BÍBLICO CATÓLICO. Bíblia Popular. São Paulo: [s.n.], 1970.

CRUSEMANN, F. A Torá - Teologia e história social da lei do antigo testamento. Petropoles: Vozes, 2001.

DE Heilige Scrift. Brussel: [s.n.], 1946.

EMMERSON, G. I. Mulheres no Israel Antigo. In: CLEMENTS, R. E. O mundo do antigo Israel. São Paulo: Paulus, 1995. p. 353-375.

FIGUEIREDO, A. F. D. Biblia Sagrada. Lisboa: [s.n.], 1832.

FOHRER, G. Estruturas teológicas fundamentais do antigo testamento. São Paulo: Paulinas, 1982.

Idosa é agredida a pedradas e família denuncia intolerância religiosa em Nova Iguaçu. G1. Globo.com. 20. ago. 2017.

Disponível em https://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/idosa-e-agredida-a-pedradas-e-familia-denuncia-intolerancia-religiosa-em-nova-iguacu.ghtml, data de acesso: 05/02/2018

LA Biblia. XXVII. ed. San Pablo: Verbo Divino, 1995.

MAINGUENEAU, D. Gênese dos Discursos. São Paulo: Parábola, 1995.

MAINGUENEAU, D. Historicidadede um gênero de discurso: o sermão. In: SILVA, M. C. P. S. E.; POSSENTI, S. Doze Conceitos em Análise do Discurso. São Paulo: Parábola, 2010. p. 99-127.

MAINGUENEAU, D. Discuros e análise do discurso. São Paulo: Parábola, 2015.

SILVA, S. C. D. Analisando as Traduções Bíblicas. João Pessoa: Ideia, 2009.

THE Holy Bible. New York: Garden, 1940.

THOMAS NELSON BRASIL. Biblia Vida Melhor. Rio de Janeiro: Vida Melhor, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v12i20.743

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Fabiano Costa Leite

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.