“MEU NOME É LEGIÃO” – UMA LEITURA DE MARCOS 5,1-17 A PARTIR DA AÇÃO LETAL DA LEGIÃO ROMANA

Luiz Alexandre Solano Rossi

Resumo


Ao utilizar o conceito de imaginário e como ele interfere nos mecanismos da realidade palpável (política, econômica, social, cultural) que alimenta a própria imaginação, este artigo procura interpretar o texto de Marcos 5,1-17 procurando perceber como a expressão “legião” podia ser compreendida pela população palestina diante da ação letal da legião romana.

Palavras-chave: Imaginário. Legião Romana. Exorcismo e Libertação.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v5i6.72

Apontamentos

  • Não há apontamentos.