Apócrifos e pseudepígrafos do Antigo Testamento e sua importância para uma adequada compreensão do cristianismo primitivo e do Novo Testamento

José Roberto do Nascimento

Resumo


O autor tem como objetivo, destacar em linhas gerais, a importância da literatura apócrifa e pseudepígrafa do Antigo Testamento para uma adequada compreensão do cristianismo primitivo e do Novo Testamento. Os apócrifos e pseudepígrafos do Antigo Testamento são frutos do judaísmo do Segundo Templo com seu caráter fragmentário e plural. Este período é significativo, pois o cristianismo nasceu no contexto da religião judaica, e esta, sob a influência de diversos sistemas político-culturais antagônicos e uma pluralidade religiosa, assimilou e desenvolveu novas tradições àquelas dos Antigos Israel e Judá. Portanto, ignorar a vasta produção literária deste período e, buscar fundamentação e compreensão do ambiente do Novo Testamento e do cristianismo primitivo voltando-se unicamente aos textos do Antigo Testamento é um erro que tem como consequência, uma compreensão míope do belo, mas complexo mosaico da fé cristã em seus primórdios.


Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA SAGRADA, Revista e Corrigida, SBB, São Paulo, 1995.

COENEN, Lothar, BROWN, Colin, Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento, Editora Vida Nova, 2 vols, São Paulo, 2000.

COLLINS, John J, A Imaginação Apocalíptica, uma introdução à literatura apocalíptica judaica, Editora Paulus, São Paulo, 2010.

DÍEZ MACHO, Alejandro, Apócrifos del Antiguo Testamento, Ediciones Cristiandad, vols. I-V, Madrid, 1984.

MAIER, Johann, Entre os dois Testamentos, História e religião na época do Segundo Templo, Edições Loyola, São Paulo, 2005.

NOGUEIRA, Paulo Augusto de Souza (org.), Apocrificidade, o Cristianismo Primitivo para além do Cânon, Fonte Editorial, São Paulo, 2015.

OTZEN, Benedikt, O Judaísmo na Antiguidade, A história política e as correntes religiosas de Alexandre Magno até o Imperador Adriano, Edições Paulinas, São Paulo, 2003.

PÉREZ, Gonzalo Aranda, MARTÍNEZ, Florentino García, FERNÁNDEZ, Miguel Pérez, Literatura Judaica Intertestamentária, Editora Ave Maria, São Paulo, 2000.

PIETERSMA, Albert, LUTZ, R. T, The Old Testament Pseudepigrapha, Doubleday, vol. 2, New York, 1985.

PROENÇA, Eduardo de, Apócrifos e pseudo-epígrafos da Bíblia, vol. 1, Fonte Editorial, São Paulo, 2010.

ROST, Leonard, Introdução aos Livros Apócrifos e Pseudepígrafos do Antigo Testamento e aos Manuscritos de Qumran, Edições Paulinas, 1980.

RUTHERFUD, John, in ORR, James (ed.), International Standard Bible Encyclopedia, Howard-Severance Company, vol. 4, Chicago, 1915.

SCHÜRER, Emil, Storia del Popolo Giudaico al Tempo de Gesù Cristo, 3 vols., Paideia Editrice, Brescia, 1997.

______________, The Literature of the Jews in the time of the Jesus, Schocken, New York, 1973.

TASSIN, Claude, O Judaísmo, do exílio ao tempo de Jesus, Edições Paulinas, São Paulo, 1988.




DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v12i20.627

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 José Roberto do Nascimento

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.