A ESTRUTURA DO PODER NAS AÇÕES DO BISPO DOM MACEDO COSTA: “Por isso mesmo que temos um paiz livre, devemos ter um paiz catholico.”

Anderson Claytron Tavares

Resumo


O presente trabalho tem como objeto de estudo entender as estruturas que contribuíram para as ações de Dom Macedo Costa, líder da igreja Católica na Província do Grão-Pará, Brasil, do século XIX e compreender o processo sistemático da romanização geradora de muitos conflitos. A intelectualidade do Bispo associada às mudanças econômicas que a província do Grão-Pará vivenciou no século XIX através da borracha e as transformações sociais geradas pelas ideias liberais, que adentraram no Brasil, potencializada pela vinda da família real que tornou a colônia uma espécie de metrópole provisória. Essa nova configuração modernizadora teve a maçonaria como defensora e uma serie de conflito com as antigas estruturas de poder. Fontes primárias como jornais da época e uma carta de Dom Macedo produzida por conta da Questão Religiosa associada à pesquisa historiográfica será utilizada para uma melhor compreensão desses conflitos na Amazônia.

The purpose of this study is to understand the structures that contributed to the actions of Dom Macedo Costa, leader of the Catholic Church in the 19th century Grao-Pará Province, Brazil, and to understand the systematic process of romanization that has generated many conflicts. The bishop's intellectuality associated with the economic changes that the province of Grão-Pará, experienced in the nineteenth century through rubber and the social transformations generated by liberal ideas that entered Brazil, enhanced by the coming of the royal family that made the colony a kind of provisory metropolis. This new modernizing configuration had Freemasonry as a defender and a series of conflicts with the old structures of power. Primary sources such as newspapers of the time and a letter of Dom Macedo produced on account of the Religious Question associated with historiographic research will be used for a better understanding of these conflicts in Amazon.


Texto completo:

PDF

Referências


AZZI, Riolando. “A reforma Católica na Amazônia 1850-1870”. In: Religião e Sociedade, n. 10. Rio de Janeiro, 1983, p. 21-30.

AZZI, Riolando. “Elementos para a história do catolicismo popular”. Revista Eclesiástica Brasileira, v. 36, Fasc. 141, mar. 1976, p. 95-130.

BAENA, Antônio. Compêndio das Eras da Província do Pará. 2. ed. Belém: Universidade Federal do Pará, 1969.

BERGER, Peter. O dossel sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião. São Paulo: Paulinas, 1985.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. 10ª. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

CÂMARA, Fernando. Dom Antônio de Macedo Costa - Um modelo para o

episcopado do Brasil. T. XCIV, 1980, p. 337-348.

COSTA, Antonio de Macedo, Bispo do Pará, 1830-1891. Lisboa: Lallemant Freres, 1886, 1886.

DE CARVALHO, José Murilo. A Construção da Ordem: a elite política imperial; Teatro das Sombras: A política imperial. 2.ed. Rio de Janeiro: UFRJ, RelumeDumará, 1996.

FLETCHER, James C. a FLETCHER C. apud VIEIRA 1980. p.170.

HERVIEU-LÉGER, Danièle; WILLAIME, Jean-Paul. Sociologia e religião, abordagens clássicas. Aparecida: Idéias e Letras, 2009.

LUSTOSA, D. Antonio de Almeida. Dom Macedo Costa: Bispo do Pará. Belém: Secult, 1992.

MALHEIROS, Rogério Guimarães. “As transformações políticas e econômicas da Província do Grão-Pará e a Escola Normal como instituição destinada a formar professores alinhados aos ideais modernos de ordenamento, progresso e civilização (1840 a 1871)”. Almanack [online]. 2014, n.7, p. 95-116.

MAUÉS, Raymundo Heraldo. “Outra Amazônia: os santos e o catolicismo popular”. Norte Ciência, vol. 2, n° 1, 2011, p. 1-26.

MONTEIRO, Élson Luiz Rocha. A Maçonaria e a Campanha Abolicionista no Pará: 1870-1888. 2009. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2009.

PENEDO, Francisco Ignacio de Carvalho Moreira, Barão de, 1816-1906. Lisboa: Imprensa Nacional, 1887.

RÉMOND, René. O Século XIX:1815-1914. São Paulo: Cultrix, 1997.

SANTOS, Fernanda Reis. A festa de São Bartolomeu em Maragojipe (1851-1937). In: IV Encontro Estadual de História-ANPUH-Ba, 2008, Vitória da Conquista. Anais Eletrônicos do IV Encontro Estadual de História ANPUH-BA, 2008.

SARGES, Maria de Nazaré. Belém: Riquezas Produzindo a Belle Époque (1870-1912). 2.ed. Belém: Paka-Tatu, 2002.

SCHREITER, Robert J. A Nova Catolicidade: A teologia entre o global e o local. São Paulo: Loyola, 1998.

VIEIRA, David Gueiros. O protestantismo, a maçonaria, e a questão religiosa no Brasil. Brasília. Editora Universidade de Brasília, 1980.

WEINSTEIN, Barbara. A Borracha na Amazônia: expansão e decadência (1850-1920). São Paulo: HUCITEC/Edusp,1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v11i18.525

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Anderson Claytron Tavares

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.