Fundamentalismo e Adventismo no século XXI: uma leitura da Revista Adventista (2000-2019)

Breno Martins Campos, Samir Domingues Costa

Resumo


Com base em pesquisa bibliográfica e documental, este artigo contribui com mais um passo na direção de classificar o fundamentalismo protestante no Brasil. Mais do que reconhecer a presença do fundamentalismo na igreja do outro, o que se busca é compreender como a Igreja Adventista do Sétimo Dia se localiza no fundamentalismo ou, por inversão, como reconhece o fundamentalismo em si mesma. Para isso, a quase totalidade das obras de referência (tanto as fontes primárias como as secundárias) foi buscada em documentos e autores adventistas. Como resultado, constata-se que, dentro da mais que centenária controvérsia liberalismo versus fundamentalismo, o adventista tenderia ao fundamentalismo, não fosse ele um termo-conceito carregado de juízo de valor negativo. Entretanto, adventistas reconhecem seu "fundamentalismo" (assim, entre aspas) no que preservam do conservadorismo protestante sobre o estatuto de verdade das Escrituras – mas não na totalidade do espírito e ethos do movimento fundamentalista originário.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20890/reflexus.v14i2.2252

Apontamentos

  • Não há apontamentos.