RELIGIOSIDADE NO FUTEBOL BRASILEIRO

Jackson Gomes de Rezende

Resumo


O presente estudo tem como objetivo compreender as relações que se estabelecem entre o futebol e a religião no Brasil. Para isso, ancoramo-nos nos estudos sobre a sociologia do esporte, de Helal; nos de Elias e Dunning, a respeito da excitação que o esporte traz aos torcedores; em Monteiro e Sérgio, para entendermos o atleta que tem a superação como foco de seus esforços; em Debord, para apreendermos as razões pelas quais o futebol gera tanta comoção nacional nos trabalhos de Santos, Conceição e Bento, para auxiliar nosso estudo sobre a dimensão que o futebol tem na vida dos atletas e sua relação com a religiosidade e; para finalizar, buscamos os estudos de Murad, Garganta, Rosenfeld e Damo, para compreendermos as diferenças entre religiosidade e superstição no futebol. Todos os estudos apresentados acima auxiliam na compreensão de como o esporte, nesse caso, o futebol, carrega tanto sentido e imprime, na sociedade brasileira, uma simbologia tão próxima da religião. Entendemos, ao longo da escrita deste estudo, que a religião é um viés de integração entre os indivíduos pertencentes a uma mesma sociedade. Fazendo uma analogia a esse pensamento, o esporte, na atualidade, também é um viés de integração. Este estudo busca compreender como se dá essa integração e relacioná-la com a dimensão religiosa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.