ESPIRITUALIDADE NO AUXÍLIO AO PACIENTE SOB OS CUIDADOS PALIATIVOS

Vanessa Gutterres Silva

Resumo


Desde o nascimento até a morte, o ser humano perpassa uma trajetória única, na qual a dimensão humana lhe obriga a dar um sentido à sua vida, por intermédio de suas realizações pessoais, incitando-o a formar e instituir legados. São essas heranças e vivências, bem como as experiências conquistadas ao longo de toda sua trajetória que formarão uma base e representarão a forma como ele percorrerá o caminhar de sua vida rumo ao seu ponto final. Segundo Silva, Barbosa e Almeida Júnior (2017), a espiritualidade é a realidade dinâmica que transpassará pela vida humana, por ser considerada muito mais abrangente que uma religião ou a participação de um credo religioso. Ela se move para além da ciência e da religião construída, sendo conceituada como essencial, genuína e prontamente envolvida com a alma e sua ligação com o divino, podendo se relacionar ou não à religião — uma forma secundária, constantemente distorcida pelas esferas socioeconômicas, culturais e políticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.