O LÚDICO E A INTERDISCIPLINARIDADE COMO ELEMENTOS QUE UNEM O APRENDIZADO DE MATEMÁTICA AO DE ENSINO RELIGIOSO

Ricardo Garcia dos Santos

Resumo


Nessa comunicação apresentam-se os conceitos básicos inerentes ao tema; abordando ainda o pensamento de Edgar Morin sobre a interdisciplinaridade; discutindo as possibilidades de adequação dessa teoria ao Ensino Religioso. A necessidade da abordagem interdisciplinar nasce do fato de que os problemas atuais são facetas da crise de percepção, posto que vem-se tentando aplicar os conceitos de uma visão mecanicista da ciência cartesiana-newtoniana, a uma realidade que já não pode ser entendida em funções desses conceitos. Para Morin, o pensamento complexo religa o que o pensamento disciplinar e compartimentado desfez em parcelas. A ciência requer mudanças e a construção de novos paradigmas, de cunho pluralista, flexível e interdisciplinar. A visão interdisciplinar é necessária, pois a inadequação entre os saberes fragmentados contrapõe-se à realidade cada vez mais global. As novas concepções de educação propõem métodos que ajudem o aluno a construir o conhecimento, rompendo com o ensino tradicional. O Ensino Religioso não pode ficar alheio a isso. Um projeto interdisciplinar deve ser marcado por visão geral do Ensino Religioso, de modo progressista e libertador, valorizando o pluralismo e a diversidade. O ensino da diversidade é melhor quando se dá por meio da interdisciplinaridade. O Ensino Religioso poderia ser aplicado em parceria com as outras disciplinas, por meio de conteúdos que misturam os temas, pois o conjunto do conhecimento humano compõe um todo complexo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.