ESPIRITUALIDADE NO CONTEXTO DAS ORGANIZAÇÕES

Jaira Helena Freitas Lima

Resumo


O trabalho é uma parte integrante da identidade dos indivíduos, que é influenciado e influenciam os aspectos intelectuais, fatores físicos, psicológicos, sociais e emocionais. A escolha de uma ocupação determina o que se espera de uma pessoa em termos de comportamento ocupacional e atividades, bem como sua vida social e recreativa, suas atitudes e valores pessoais, não sendo, portanto, uma faceta estática ou isolada da vida do ser humano. Mudanças tecnológicas, históricas, políticas, sociais e culturais crescentes vêm ocorrendo em todo o mundo, tendo um profundo efeito sobre o cenário ocupacional. Tais mudanças parecem exigir uma redefinição da essência do trabalho e, atualmente, o foco está na inovação, flexibilidade ocupacional e aprendizado contínuo como chaves para o sucesso. Portanto, os funcionários têm que ser qualificados e responsáveis, além de apresentarem uma atitude proativa e aberta a novas experiências. Atualmente, vive-se um período de transição entre a antiga definição de trabalho como sobrevivência e a nova definição como meio de subsistência e novas técnicas de gestão e novas estruturas organizacionais são necessárias para lidar com esse contexto emergente. Nesse contexto, os gestores devem facilitar a espiritualidade no ambiente organizacional, apoiando os funcionários e colegas para que saibam que parte de sua responsabilidade de trabalho é expressar seu propósito de vida e seus dons.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.