OS JESUÍTAS NO BRASIL COLÔNIA

Dennis Cesar Ferreira dos Santos

Resumo


Os jesuítas eram os membros de uma Ordem chamada Companhia de Jesus, criada por Inácio de Loyola na Universidade de Paris, em 1540, para defender o catolicismo e o poder papal contra os protestantes. A descoberta do Novo Mundo e as possibilidades abertas com o comércio nas Índias abriram caminhos interessantes para a catequese e a obtenção de novos adeptos para a religião que defendiam. Assim, os jesuítas assumiram com ímpeto essa missão. Em 1540, os primeiros já chegavam a Portugal; logo depois, marcavam presença na Índia, no Japão e em certas regiões da América. Em 1548, participaram da fundação da cidade de Salvador, onde instalaram um colégio para meninos índios e filhos dos colonos. No Brasil, os jesuítas foram o primeiro grupo de homens cultos que chegaram à colônia. Tinham o costume de registrar suas observações em cartas que enviavam para Roma e para outros núcleos de catequese (deixando para os historiadores um valioso testemunho da situação colonial). Nos duzentos anos seguintes à sua chegada, destacaram-se no campo educacional, sendo praticamente a única instituição de ensino do Brasil Colônia. Além disso, estenderam seu campo de ação a outras áreas da administração colonial, como pacificação de índios, correção dos "maus hábitos" dos colonos, registro de informações sobre a nova terra, apoio aos governadores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.