ENSINO RELIGIOSO NO ÂMBITO DA CULTURA DE PAZ: CURRÍCULO E DIÁLOGO

Soraya Monteiro Neves

Resumo


É inegável que a violência é um problema presente em todos os espaços e classes sociais. No âmbito da escola se consolida como uma prática cotidiana, a qual fomenta desconforto e prejuízos no processo Ensino e Aprendizagem. No entanto, conjectura-se que o Ensino Religioso quando bem trabalhado a escola contribui para mudança deste cenário, já que se trata de um componente curricular que versa acerca das religiões, as quais são elementos de grande influência no contexto histórico social do povo brasileiro. Devido a isso, este projeto, cujo título é “Ensino Religioso no Âmbito da Cultura de Paz: Currículo e Diálogo”, vislumbra responder o seguinte questionamento: Quais os procedimentos necessários para que o Ensino Religioso, como componente curricular das escolas públicas da cidade de Manaus, possa contribuir para construção de uma cultura de paz? Para isso, esta pesquisa utilizará como marco histórico as tendências pedagógicas, por sempre nortearam o trabalho pedagógico das escolas, pautado nos autores José Carlos Libâneo (2002) e Cecília Queiroz e Filomena Moita (2007), soma-se a estes, no marco conceitual, Paulo Freire (1996 e 2001). A metodologia utilizada será a abordagem qualitativa e olhar fenomenológico e a coleta de dados, far-se-á por meio de pesquisa bibliográfica e análise da Proposta Pedagógica, Livro Didático e ainda entrevistas com os sujeitos que forma a equipe técnica de duas escolas municipais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.