EDUCAÇÃO INFANTIL E RELIGIOSIDADE

Elorania Kellis Ahnert Gaigher

Resumo


É na Educação Infantil que se inicia o processo de construção de identidade; e o professor de Educação Infantil precisa ficar atento e atuar de forma positiva diante da diversidade das crianças em relação a sua formação, cultura, dentre outros conceitos que ela já traz de casa. Um dos desafios encontrados nas salas de aula de crianças de 0 a 5 anos, é como o professor deve atuar objetivando desde as primeiras experiências escolares a promoção inovadora e desafiadora de tornar cidadãos mais interativos e com maior tolerância as diferenças culturais e religiosas, contemplando a diversidade cultural como fonte de conhecimento e respeito. A religiosidade faz parte de uma sociedade ou grupos sociais que, direta ou indiretamente, passam pelo âmbito escolar. Porém discutir religião na escola pode torna-se polêmicos e tendenciosos se não existir a discussão da religiosidade como diversidades a serem respeitadas e socializadas na sala de aula. Objetivamos com esta pesquisa refletir sobre a importância do Ensino Religioso na escola como um espaço privilegiado de limites e superações proporcionando alternativas no processo de formação de professores que contemplem a pluralidade e o respeito às diferenças. Objetivamos ao final do trabalho promover atitudes que poderão contribuir de como trabalhar com estas crianças a temática religião que cotidianamente está presente em nossas famílias, nos grupos sociais que fazemos parte, e claro, não estando de fora da escola também.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.