DOCÊNCIA UNIVERSITÁRIA: ESCOLHAS E INFLUÊNCIAS

Ilma Mendes de Almeida

Resumo


Nas últimas décadas, as instituições de Ensino Superior têm sido desafiadas pela ausência de formação didático-pedagógica dos professores que nelas ingressam. Na maioria das vezes, profissionais de outras áreas, sem identificação com a docência universitária, uma vez que, “diferentemente dos outros graus de ensino, esse professor se constituiu, historicamente, tendo como base a profissão paralela que exerce ou exercia no mundo do trabalho”. Vários são os fatores que interferem na escolha pela docência: questões financeiras, vocação, mercado de trabalho, família ou de outros docentes, outros fatores. Dentre as muitas influências para a escolha pela docência estão a influência familiar e do mercado de trabalho. Além destas, outro fator também contribui para essa escolha - a influência de outros professores. “Embora alguns professores tenham consciência e busquem deliberadamente desenvolver uma prática que reproduza ou cultive suas crenças e valores [...] outros não percebem que [...] ensinam também um jeito de ser pessoa e professor”. Por fim, a escolha pela docência ocorre por várias influências, e nem sempre é fácil tomar decisões no que diz respeito à profissão a ser exercida.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.