A CONTRIBUICÃO DA SOCIOLOGIA DE DURKHEIM PARA A COMPREENSÃO DA RELIGIÃO COMO FATO SOCIAL

Adonai de Moura Mendes

Resumo


O presente artigo aborda a contribuição da Sociologia de Émile Durkheim para a compreensão da religião enquanto fenômeno social. A sociologia enquanto ciência do social nasce em um contexto de profundas transformações no mundo europeu, tendo que lidar com novas problemáticas no sentido de compreendê-las e apresentar soluções. Durkheim conferiu à sociologia o status de ciência, criando a primeira cátedra de sociologia na França. Em seus estudos o fenômeno religioso foi de fundamental importância enquanto forma explicativa da realidade social. Ele definiu religião não a partir da ideia da crença no sobrenatural, mas utilizou-se da dicotomia sagrado/profano, bem como dos conceitos de crenças e ritos como elementos comuns a todas as formas de religião. A religião é apresentada como fenômeno eminentemente social, portanto coletivo, e que tem a função de criar a coesão social necessária para a manutenção da sociedade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.