A DIVERSIDADE RELIGIOSA NO ENSINO FUNDAMENTAL DA ESCOLA ESTADUAL ZAÍRA MANHÃES DE ANDRADE

Antonio Suelio Rodrigues Paiva

Resumo


O Ensino Religioso no Brasil perpassa por três pontos principais: a permanência ou não como disciplina regular do currículo; a identidade desta disciplina e dos seus conteúdos e a formação do professor de Ensino Religioso, fato que pode ser mensurado através das normalizações da disciplina ao longo de nossa história. Todas essas questões envolvem interesses debatidos na esfera política, onde de um lado há os defensores do Estado laico - que apregoam a retirada do Ensino Religioso das escolas -, e do outro, aqueles que defendem o Ensino Religioso como componente indispensável da formação cidadã e moral dos brasileiros, e ainda, os que buscam uma integração destas duas perspectivas. Diante deste contexto, delimitou-se o seguinte problema de investigação: Em que medida a diversidade religiosa dos estudantes de escola pública impede a construção de uma escola fraterna, cidadã e solidária? Assim, definiu-se como objetivo geral analisar a diversidade religiosa em escola pública, com o objetivo de indicar se a identidade religiosa dos mesmos afeta a construção de uma escola fraterna, cidadã e solidária. Portanto, esta diversidade é percebida também na escola, nas salas de aula, na maneira de vestir, de cumprimentar as pessoas e na forma de agir em relação a determinadas atividades pedagógicas, nas quais estão envolvidas músicas, símbolos nacionais ou festas religiosas da região.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.