INTOLERÂNCIA RELIGIOSA: DEUS AMA AS PESSOAS ESTRANGEIRAS

Claudete Beise Ulrich, Arlette Freitas, Marcela Nascimento de Oliveira

Resumo


A presente comunicação trata sobre a relação da Igreja Assembleia de Deus com as igrejas afro e indígenas. Foram realizadas 10 entrevistas, com questionário estruturado. Somente 9 pessoas responderam a mesma. Uma das pessoas respondeu que Deus tem paixão por estrangeiros. O que isto de fato significa? À primeira vista, esta colocação parece remeter a universalidade da paixão de Deus, isto é, que a mesma também está presente nas religiões de matriz africana e indígena. No entanto, quando se pergunta se a igreja mantém relações de proximidade com estas tradições religiosas a resposta aponta para outra direção: “através das missões com grupos africanos”. Portanto, pode-se entender que estas religiões são vistas como estrangeiras pela Assembleia de Deus e por isso necessitam serem missionadas, isto é, convertidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.