A MODERNIDADE EM TEMPOS LÍQUIDOS

Ana Lucia Neves do Nascimento

Resumo


A sociedade da qual vivemos é chamada pelo Polonês Zigmunt Bauman de Sociedade Líquida, e este é o tema da comunicação. Uma das características da Modernidade é classificar racionalmente tudo. Aquilo que não é classificável é colocado como aquele que eu devo tomar cuidado, é colocado como aquilo que eu não entendi e, portanto é melhor eu me afastar. Chegamos num problema ou numa questão que está na raiz de inúmeros conflitos sociais, pois como não me abro para entender o outro, eu o coloco na condição de estranho, eu olho enviesado, tenho medo, eu vou me abrigar nos meus fundamentos. Daí que o Fundamentalismo não é o oposto da modernidade, mas ele é uma consequência ou um elemento que está inerente ao medo do outro. Essa excessiva racionalidade que coordena essa modernidade...

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.