A CONTRIBUIÇÃO DA UMBANDA PARA A COMPOSIÇÃO DA MATRIZ RELIGIOSA BRASILEIRA

Valdinei dos Anjos Rocha

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar a contribuição da Umbanda para composição da matriz religiosa brasileira, definida por José Bitencourt Filho como sendo uma expressão ampla que busca traduzir uma complexa interação de ideias e símbolos religiosos que se amalgamaram num decurso multissecular, que teve como desdobramento principal a gestação de uma religiosidade média dos brasileiros, para compor tal matriz, vários elementos se ‘fundiram’, a saber: a chegada dos colonizadores portugueses trazendo consigo o catolicismo ibérico e a magia européia, os quais se encontram com as religiões indígenas; a vinda forçada dos africanos como escravos, os quais trazem consigo sua diversidade religiosa e por último no séc. XIX o espiritismo europeu e alguns poucos fragmentos do Catolicismo romanizado. Este artigo analisará também o contexto histórico brasileiro, no qual surgiu a Umbanda, religião esta que de contribuiu maneira significativa na composição desta matriz religiosa, matriz esta que sofreu influência de diversas religiões, de fato, um país com uma diversidade cultural como o Brasil, só poderia abrigar em seu interior uma religiosidade plural.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.