UMA ESPIRITUALIDADE PARA LIBERTAÇÃO: ESPERANÇA PARA O ENFRENTAMENTO, DAS NOVAS FORMAS DE POBREZA

Gilson Carreira Junior, Renata de Souza Silva

Resumo


Este artigo descreve a relevância da dimensão teológico-espiritual, para a realização da análise da realidade social, advinda do mundo pós-moderno, que trás em seu cerne uma globalização da indiferença, contrapondo valores que deveriam assegurar a dignidade da pessoa humana. Diante desta perspectiva se propõem reflexões, que iluminem como enfrentar, à luz de uma Espiritualidade ligada à Teologia da Libertação, as novas formas de pobreza e exclusão e como estas se relacionam diretamente com as categorias gênero, raça/etnia, diversidade sexual, violência, direitos humanos e juventude. Para tanto, a fim de se alcançar tal mensuração é preciso apoiar-se em um método científico eficaz que busque direcionar as reflexões levantadas em uma busca pelo entendimento dos fenômenos sociais correlacionando estes com a Teologia da Libertação de forma crítica-dialética. Portanto, os pesquisadores deste estudo terão a oportunidade de se aproximar da realidade sociocultural, com objetivo de fomentar conhecimento através de um enfoque empírico e assim conjecturar a partir ótica evangélica o valor da dignidade da pessoa humana, a fim de identificar a espiritualidade libertadora como ferramenta de defesa da vida e da justiça social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.