RECRUTANDO A FÉ: OS PENTECOSTAIS E O USO DO ESPIRITUAL EM FAVOR DO MATERIAL

David Mesquiati de Oliveira

Resumo


Mesmo para as questões do simples cotidiano os pentecostais tendem a utilizar-se da fé cristã para auxiliar na tomada de decisão ou na realização do feito. Para os problemas mais complexos se recorre especialmente às orações ou mesmo às correntes de oração (juntam-se a outras pessoas para orarem em horários combinados), aos jejuns, às leituras bíblicas, às sessões de aconselhamento e à assiduidade ao templo. Dessa forma a fé é recrutada como componente central de apoio no enfrentamento de questões concretas, como a crise no casamento, problema de relacionamento com os filhos, dificuldades na carreira profissional, bem como com temas sociais, como a corrupção na política nacional, os perigos envolvendo questões ecológicas, etc. O meio mais eficaz reconhecido pelo grupo é a crença no poder sobrenatural da ação direta do divino. Isso não impede agir de maneira organizada, político-partidária ou por meio de movimentos sociais. Antes indica a preferência do grupo. A conclusão aponta que essa característica é frequentemente negligenciada ou tratada como questão menor pelos pesquisadores, como se essa preferência fosse fruto de ignorância ou de uma religiosidade pouco esclarecida do grupo à espera de novas luzes para reencaminhar o movimento. Tal prenoção é inadequada para a academia e precisaria ser superada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.