A PLAUSIBILIDADE DA AÇÃO DO CAPELÃO NO MILITARISMO HISTÓRICO BRASILEIRO

Brayan de Souza Lages

Resumo


A presente pesquisa tem por objetivo identificar a plausibilidade da ação dos capelães no militarismo histórico brasileiro. É identificada a imposição militar em somente aceitar sacerdotes religiosos cristãos, sendo eles protestantes ou católicos. Partindo, portanto, da compreensão de Eliade sobre o mito, que propõe um conceito de ressignificação da ação humana no espaço sagrado, constituindo um retorno a prática das divindades para expressar novamente o mito, o que é entendido como sendo a repetição da cosmogonia. Tal apontamento a respeito da identificação da plausibilidade da ação desses militares religiosos justifica-se por três razões: 1) o mito é o modelo exemplar da ação, que é passada pelo transcendente; 2) o mito do capelão refere-se ao militar que larga as atividades militares para dedicar-se a prática religiosa monástica; 3) o militarismo histórico brasileiro faz o processo inverso, pois transforma os religiosos em oficiais combatentes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.