RELIGIÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA: PERSPECTIVAS DE APROXIMAÇÃO ENTRE CORPO E RELIGIÃO

Laudineia Pirovani da Costa

Resumo


O presente estudo buscará compreender a relação entre religião e educação física: uma aproximação entre o corpo e religião, explicitando alguns dos princípios históricos que, ao longo da história, culminaram na negação do corpo, do prazer e do divertimento. A relação de poder sobre o corpo também foi estabelecida e reforçada por discursos que declaravam que “uma alma o habita [o homem] e o leva à existência, que é ela mesma uma peça de domínio exercido pelo poder sobre o corpo. A alma, efeito e instrumento de uma anatomia política; a alma prisão do corpo” . Pensando nas dificuldades encontradas no cotidiano escolar, no contexto da práxis pedagógica da educação física, justifica-se a investigação dessa problemática, bem como a compreensão, num panorâmico histórico, da relação de poder e domínio da religião sobre o corpo, a qual acaba por resultar no seu aprisionamento. De modo geral, a sociedade e a religião exercem poder, além de apresentar mecanismos de disciplina e coerção sobre o ser humano e o seu corpo. Nesse contexto, nota-se que realmente as Religiões envolvem o ser humano de forma intensa, tanto em suas almas quanto em seus corpos. Vale lembrar que o corpo é o principal sujeito de estudo e interferência específica da Educação Física, quando a mesma discursa acerca de cultura corporal de movimento. Dessa forma o corpo se torna elo entre Religião e Educação Física.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.