AS ORIGENS DO PROTESTANTISMO BRASILEIRO E SEUS DESDOBRAMENTOS NOS DIAS ATUAS

Elder Jose Felix

Resumo


No Brasil possui a presença dos protestantes desde as primeiras caravanas que vieram pós descobrimento, mas só teve sua ascensão no seculo XIX, com o chamado protestantismo de imigração. Ele se estabelece de forma mais consistente a partir desse período pela possibilidade de negócios que o governo brasileiro com os estrangeiros ingleses, europeus e com um pouco mais de intensidade com os alemães. Neste primeiro momento ainda encontrava muita resistência a cultos não católicos, mas tiveram uma conquista com a constituição de 1824 mesmo com algumas restrições onde puderam se organizar de forma mais consistente os anglicanos, episcopais e em número maior os luteranos. Depois vieram os congregacionais, presbiterianos, batistas, metodistas. Um tempo mais tarde vieram os pentecostais e neopentecostais. Cada ramo desse protestantismo deu sua contribuição para cultura brasileira. Nos dias atuais percebe-se uma migração muito forte em termos mercadológicos e midiáticos, e sem muita intervenção em outras áreas da sociedade, deixando um traço de omissão as questões políticas e sociais do pais. Assim pensando qual seria a prioridade do trabalho da igreja evangélica no Brasil nos dias atuais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.