A PLURALIDADE RELIGIOSA NO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO - CAMPUS LINHARES

Marcelo Moreira da Silva

Resumo


Nos dias atuais, a religião não é mais imposta pela família como era até algum tempo. Nossos jovens sentem-se mais à vontade para experimentar diversas crenças e religiões. Grupos de alunos inseridos em religiões pentecostais, grupos agnósticos, kardecistas, afro-brasileiras e católicos de linhas contemporâneas enfrentam dificuldades em expor suas opções religiosas no meio escolar. A estrutura na urbanização do município impulsionou a formação de um mercado regional mais integrado e propiciou uma pluralidade na constituição de novas igrejas evangélicas neopentecostais e a afirmação de grupos religiosos afro-brasileiros. Segundo Milton Santos (1993) a base econômica industrial ampliou o crescimento demográfico urbano em cidades médias e de grande porte. A apropriação do espaço urbano é vista a partir de uma ótica financeira, em que o padrão mercadológico responde os questionamentos da presença social naquele determinado perímetro urbano, deixando lacunas nas especificidades de consolidação do pertencimento humano no Espaço Geográfico, fundamentalmente nos valores emocionais que são atribuídos aos ensinamentos religiosos oferecidos pelas famílias. A partir de ação investigativa entre o professor de humanidades do IFES campus Linhares e os alunos do Ensino Médio, pretende-se identificar a religião professada pelos alunos do curso de técnico integrado de administração e suas manifestações religiosas dentro de um ambiente escolar laico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.