O PRAZER DO ÁLCOOL, E SUA DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA

Itamar Júnio Vilhena Storck

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar e compreender o impacto social para a vida das crianças e adolescentes que convivem com o problema do alcoolismo na família. Busca-se demonstrar as principais consequências do alcoolismo e a forma como este afeta a vida dos indivíduos no que diz respeito às suas relações familiares. O tema é relevante, porque muitas famílias são basicamente destruidas, por seu consequente uso. Neste caso, fala-se em prazer como sinonimo de vicio. O alcoolismo é um fator relacionado ao consumo excessivo, prolongado e por uma dependência do álcool (etanol) do ponto de vista físico e psíquico, é compreendido como o vício de ingestão excessiva e regular de bebidas alcoólicas. O alcoolismo é, portanto, um conjunto de diagnósticos, que é considerado uma doença complexa, em que as causas são múltiplas: no indivíduo, no plano biológico genético e psicológico, no meio circundante: a nível social e cultural. O alcoolismo é um grave problema de saúde que afeta tanto o indivíduo que é portador da doença quanto às pessoas que convivem com ele (seus familiares). Principalmente as crianças e adolescentes que podem ter o seu desenvolvimento psíquico social e emocional negativamente afetado devido ao grande estresse emocional vivenciado em seu dia a dia, por presenciar e também serem vítimas constantemente de violência, brigas, maus tratos, entre outros.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.